Obras públicas

A herança desastrosa e os desafios da nova gestão de Timbiras Publicada em 16/03/2017 22:27:57

Quem anda pela cidade de Timbiras percebe o quanto a cidade está acabada, o cenário é de destruição total. A simples tarefa de se locomover pelas ruas, travessas e avenidas se tornou um exercício de habilidade e de grande risco, devido aos obstáculos, perigos e acidentes provocados por buracos e pelo lamaçal encontrados por toda a sede do município.

Nossa reportagem percorreu a cidade, visitando todos os bairros, e o que foi constatado é uma situação de verdadeira calamidade na infraestrutura urbana, principalmente nas vias expressas por onde se deslocam pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas, que encontram dificuldades para transpor as barreiras criadas por grandes crateras, defeitos estruturais que danificam a malha viária do trânsito por onde os caminhantes diariamente se movimentam.

Tanto o centro da cidade quanto os bairros estão cheios de buracos e valas, que neste período de chuvas aumentam de tamanho, aumentando também os transtornos para a população que precisa caminhar ou dirigir por estes locais. A maioria das ruas não estão mais cobertas por asfalto e nem por calçamento, mas apenas por piçarra ou areia. A situação também está precária nas estradas e nas pontes da zona rural, que já estão quase intrafegáveis.

Na cidade a situação está mais grave nos bairros da periferia. Bairros como Anjo da Guarda, São Sebastião, Olaria, Horta, Mutirão, Vila 70/Santa Clara, e Forquilha estão urgentemente necessitando de socorro pelo poder público. Habitantes destes bairros relatam a problemática em morar nessas localizações, e afirmam que não houve trabalho eficaz de engenharia e de recuperação de várias ruas por parte da gestão do ex-prefeito Fabrízio Araújo/PRB, que administrou Timbiras entre 2013 a 2016.

RECURSOS FEDERAIS

Os timbirenses se mostram decepcionados e indignados com o descaso e o total abandono praticados pelo ex-prefeito Fabrízio Araújo, que de acordo com informações oficiais, recebeu durante os quatro anos à frente do município valores superiores a R$ 171.428.000,00 (cento e setenta e um milhões e quatrocentos e vinte oito mil reais) de repasses e de transferências do Governo Federal para as diversas áreas da administração municipal, incluindo neste montante obras de urbanização, saneamento, habitação e transportes.

A lavradora Antônia Luzinete dos Santos, moradora da Rua Nova, bairro Forquilha, fez um depoimento sobre a atual realidade vivida por milhares de pessoas em Timbiras. A reportagem registrou o momento em que a trabalhadora rural e demais vizinhos faziam por conta própria os reparos na rua da sua residência. Antônia Luzinete disse que “essa rua ‘tá’ acabada dessa forma, quando a água desce com todo o lixo, com toda a piçarreira, fica entupindo a porta das nossas casas, cavando, entra dentro das nossas casas aqui, e isso prejudica muito nós”.

AÇÕES DE EMERGÊNCIA

Na última terça-feira (03.01) acompanhamos uma vistoria feita em algumas ruas pelo prefeito Dr. Antônio Borba, PSDB e pelo secretário municipal de infra-estrutura, Francisco dos Santos Feitosa, conjuntamente com a assessoria de comunicação do município. Na visita Dr. Borba conversou com moradores que descreveram uma série de problemas, e solicitaram do prefeito as melhorias necessárias.

Com as chuvas se intensificando, a população fica a cada dia mais apreensiva, e com um sentimento de traição política, devido à situação de caos administrativo deixado pelo ex-gestor Fabrízio Araújo. A maioria dos moradores atingidos pela ausência de infraestrutura ouvidos pela reportagem confia que o atual prefeito, Dr. Borba, continuará com as ações emergenciais e com as adequadas construções para a solução desse problema estrutural que se prolonga há muitos anos em Timbiras.

Mais em Obras públicas


Receba nossa Newsletter Deixe seu nome e e-mail